Plano Diretor será um dos projetos de prioridade na CMA, aponta Nitinho

Após cerca de um ano de sessões remotas, os parlamentares da Câmara Municipal de Aracaju (CMA) retornaram às atividades presenciais nesta terça-feira (29). Para o presidente da casa legislativa, vereador Josenito Vitalle (PSD), o Nitinho, são duas as prioridades nesse momento: manter a transparência nas ações executadas e focar na modernidade.

“Quando peguei esse parlamento, nós tínhamos uma transparência de 1.2, e hoje o parlamento tem, junto ao Tribunal de Contas, uma transparência de 9.8. Vamos manter isso”, destacou Nitinho ao F5News. 

Entre os projetos que entrarão como foco do legislativo municipal, o Plano Diretor do Desenvolvimento Urbano de Aracaju (PDDU) é um dos principais, segundo ressalta o presidente, e a transparência novamente foi a palavra utilizada por ele para reforçar como será tocado o projeto.

F5News

“Vamos criar uma comissão só para cuidar do Plano Diretor para dar toda transparência aos trabalhos e como vai ser essa condução. Ao mesmo tempo vamos tocar o trabalho da mesa diretora. Teremos sessões itinerantes em vários pontos da cidade, enquanto dentro da Câmara a comissão estará discutindo os pontos importantes do plano, para que ele possa ser um plano que acalenta e atende toda a sociedade”, disse.

Com o prédio totalmente reformado, Nitinho ressalta que buscará mudanças internas para garantir sustentabilidade ambiental ao parlamento. “Até o final deste mandato, vamos deixar esta casa sem nenhum papel. Estamos mudando a forma de como circular todos os projetos e requerimentos, dando as possibilidades para os vereadores trabalharem, junto aos seus assessores, dentro de uma Câmara moderna e digital, onde não se usa mais papel, pensando também no meio ambiente”, destacou ao F5News.

Plano Diretor será um dos projetos de prioridade na CMA, aponta Nitinho

Para o líder do governo municipal, vereador Professor Bittencourt (PCdoB), as atividades remotas serviram como alternativa para a CMA prosseguir o trabalho durante o período de isolamento social, no entanto, ele faz uma ressalva:  “o parlamento precisa do contato e da proximidade com os pares e com os profissionais da imprensa”.

“Eu, particularmente, senti a falta desse contato, embora o retorno ainda apresente algumas restrições, mas acho que é algo muito positivo de estar próximo da imprensa, dos movimentos sociais inclusive, no momento em que a pandemia arrefecer ainda mais. Ou seja, acredito que o parlamento é de fato um parlamento no formato presencial”, aponta.

Com o retorno do formato tradicional, alguns vereadores passam a ter, a partir desta terça-feira, os primeiros contatos com a sede da CMA e os integrantes que compõem a casa. “Esses vereadores jovens, que viveram praticamente um ano de sessões online, vão começar agora de verdade os seus mandatos, saber quem são seus colegas e os posicionamentos. Porque virtualmente ninguém vê ninguém e não sabe como se define um voto”, avalia Nitinho.

“Eu aguardava com ansiedade para entender um pouco dessa dinâmica do parlamento. Estou muito feliz por estarmos aqui na casa das discussões, dos debates, para dar a minha contribuição também. Espero que as discussões continuem de forma harmoniosa, que cada um defenda os seus projetos de forma respeitosa”, pontua o vereador Sargento Byron (Republicanos).

Antônio Cardoso é estagiário sob supervisão da jornalista Laís de Melo

https://www.f5news.com.br/politica/cma-retoma-sessoes-presenciais-com-foco-na-transparencia-destaca-nitinho.html

Edição de texto: Monica Pinto

 

 

Home

Deixe uma resposta