Ambulantes voltam a ocupar espaços de maneira irregular no centro de Aracaju

Vendedores ambulantes voltaram a ocupar de maneira irregular as ruas nos arredores do Terminal Rodoviário Luiz Garcia, no Centro de Aracaju. Em 2016, a Prefeitura havia realocado esses comerciantes informais para um espaço próximo aos mercados centrais da capital, no entanto, segundo relatos de alguns deles ouvidos por F5News, não é um bom ponto de vendas, e por isso começaram a retornar ao local anterior. 

 

Na última semana, vídeos do momento em que agentes da Empresa Municipal de Serviços e Urbanização de Aracaju (Emsurb) realizam uma ação para retirada de ambulantes irregulares na rua Santa Rosa circularam nas redes sociais e deixaram a população revoltada com a forma como os vendedores foram tratados. Veja nas imagens abaixo, cedidas ao F5News.

A vendedora Aparecida Santos, conhecida na região como “a mãe do Galego Roberto”, é uma dos ambulantes que retornou para a redondeza do terminal Luiz Garcia. Ela conta que o clima no mercado era de muita confusão, violência, além do baixo movimento. 

“A gente só quer trabalhar sossegado, ganhando nosso pão sem problema. Eu criei meus filhos todos trabalhando aqui, há mais de 30 anos. Os outros comerciantes começaram a vir também e já está juntando mais feirantes, porque lá tem muito problema”, disse a senhora ao F5News.

Pedro Lourenço trabalha há 15 anos vendendo na região e argumenta que somente neste ponto é possível manter o negócio. “A gente sabe que está irregular aqui, mas a gente faz isso para poder sobreviver mesmo. O movimento é maior e os clientes já sabem que a gente está aqui, fica mais fácil para guardar as nossas coisas na hora de ir para casa”, afirma.

As queixas são as mesmas para quem está, de alguma forma, tentando se manter de maneira regular. É o caso de Genivaldo Bispo, que se encontra na região realocada pela Emsurb, próximo aos mercados municipais.

“A Emsurb beneficia uns e outros não, bota a gente aqui que não tem movimento nenhum e deixa outro povo lá na rua Santa Rosa. Mas, se a gente tentar ir pra lá, eles tomam a mercadoria, como fizeram na semana passada”, disse o vendedor à equipe do F5 News

Fabiana Souza vende bananas e também reclama do baixo movimento no local escolhido pela gestão municipal para instalar os ambulantes. “Sinceramente, eu preferia como eu vendia antes, porque tinha mais movimento. Agora o que acontece é que muitas vezes a gente perde a mercadoria, porque não consegue vender. Ainda tem alguns que se arriscam a rodar irregular, mas eu tenho medo de acontecer de perder, como muitos perderam e estão agora tentando se reerguer”, conta.

Procurada por F5 News, a assessoria de Comunicação da Emsurb informou apenas que “continuará com a fiscalização e a tentativa de organizar o centro da cidade”. Próximo ao terminal, o cenário é de desordem total: carros, transeuntes, obras e feirantes, todos ocupando o mesmo espaço. Além de congestionar o trânsito da região, o abarrotamento traz riscos de acidentes.

*Antonio Cardoso é estagiário sob supervisão da jornalista Laís de Melo

Edição de texto: Monica Pinto

 

https://www.f5news.com.br/cotidiano/ambulantes-voltam-a-ocupar-espacos-de-maneira-irregular-no-centro-de-aracaju.html

 

 

Home

Deixe uma resposta