Saiba como vai funcionar a vacinação contra a gripe em Aracaju

Começa nesta segunda-feira (19) a Campanha de Vacinação contra a Influenza em Aracaju. Conforme orientação do Ministério da Saúde, o Município imunizará, nessa primeira fase, trabalhadores da saúde, gestantes e puérperas, e crianças de seis meses a menor de seis anos, totalizando 41.730 pessoas.

O quantitativo de doses será distribuído da seguinte forma: 14.958 para trabalhadores da saúde (prioritariamente, para os profissionais de hospitais e das retaguardas de atendimento covid); 20.340 destinadas às crianças com idade de seis meses a cinco anos, onze meses e 29 dias; e 4.402 doses para gestantes e puérperas, o que alcança 100% deste público feminino, com base no número do ano passado.

“Na segunda e terça-feira, dias 19 e 20, vamos fazer a distribuição das doses para os hospitais e para as UBSs, e na quarta-feira, 21, mesmo sendo feriado, todas as UBSs irão funcionar exclusivamente para vacinação das crianças, gestantes e puérperas que estão contemplados na primeira fase da campanha. Será o Dia D contra a Influenza em Aracaju, com essas unidades funcionando das 8h às 16h, sem fechar para o almoço”, explica a coordenadora da Rede de Atenção Primária (Reap), Kamila Fialho.

Atualmente, 40 Unidades Básicas de Saúde estão com as salas de vacina ativas e irão funcionar durante a imunização contra a Influenza. No Dia D, 21 de abril, os serviços de rotina estarão suspensos, e todas as equipes atuarão exclusivamente na campanha contra a gripe.

Para ter acesso ao serviço, basta se dirigir à UBS e apresentar o documento de identificação com foto e o cartão de vacina. No caso das grávidas, é importante levar a caderneta específica da gestante, caso já tenha iniciado o pré-natal, ou o resultado do exame, se estiver nas primeiras semanas.

A partir da quinta-feira (22) até o dia 10 de maio, as Unidades Básicas continuarão vacinando, no horário das 8h às 16h, aqueles que não puderam comparecer no Dia D.

No dia 11 de maio iniciará a segunda fase da campanha contra a gripe, que contemplará idosos 60+ e professores.

Edição de texto: Monica Pinto

 

Home

Deixe uma resposta