Mutirão no bairro Dom Luciano reforça o combate ao Aedes aegypti

A Prefeitura de Aracaju, por meio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), realizou mais um mutirão de combate ao Aedes aegypti, neste sábado (17). A ação ocorreu no bairro Dom Luciano, tendo como ponto de partida o Centro de Apoio Psicossocial (Caps) Jael Patrício.

O mutirão contou com apoio da Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb) e da Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Sema). A atuação das secretarias é embasada na orientação, identificação e eliminação do mosquito, por meio de serviços educativos, varrição, capinação, roçagem mecanizada e coleta de resíduos descartados incorretamente em terrenos baldios e vias públicas da localidade.

Em Aracaju, do início do ano até agora, foram notificados 47 casos de dengue, 114 de chikungunya, e sete de zika, de acordo com o gerente do Programa Municipal de Combate ao Aedes, Jeferson Santana.

“Dessa vez realizamos o mutirão no bairro Dom Luciano, com os agentes de combate a endemias e os agentes comunitários de saúde, uma vez que a região apresentou índice de 2% de infestação, maior que a média da capital, que é 1,1%. O objetivo foi orientar a população e fechar depósitos de água parada”, explica Jeferson.

Para eliminar criadouros os cuidados são simples: manter os reservatórios bem fechados; fazer a manutenção correta dos locais que acumulam água como piscinas e bebedouros de animais; cuidar para manter lixeiras fechadas e fazer o descarte correto do lixo ou entulho; guardar pneus e garrafas em local coberto ou fazer o descarte correto; colocar areia nos pratos das plantas; e fazer a limpeza e a manutenção correta das calhas.

 

Home

Deixe uma resposta