“Meu irmão cortou cabelo por cabelo para construir aquela casa”, lembra irmão de cabeleireiro desaparecido

O município de Nossa Senhora das Dores, distante 72 quilômetros de Aracaju, é o cenário de um mistério, parte já foi desvendada pela polícia.

A equipe investigativa do Fan F1 esteve nesta quinta no município para conversar com a família do cabeleireiro Claudon Alves Feitosa, conhecido como “Don”.

Claudon Alves – desparecido

Ele foi levado de casa na noite do último sábado, 5. Desde então, amigos e familiares estão à procura do cabeleireiro, que era bastante conhecido na cidade e que colecionava amigos.

“Meu irmão era maravilhoso, muito sensível, muito carinhoso com a família. Eu só quero meu irmão de volta”, apelou emocionada Iza Alves.

Don faz parte de uma família de 12 irmãos. O mais próximo dele, Hélio Alves, contou que desde sábado está desesperado.

“Meu irmão é um pedaço de mim. Tudo que eu faço me lembra ele. Don é meu irmão, meu amigo, meu parceiro pra tudo” disse ele.

A casa

Casa de Don, onde ele morava há seis meses/ Foto: Fan F1

Há seis meses, Don estava morando em novo endereço em uma casa no Centro da cidade de Nossa Senhora das Dores.

A casa foi construída em quatro anos. O pedreiro responsável é o irmão mais velho de Don. Ele contou que cada detalhe da residência foi escolhido por Don.

Claudon Alves Feitosa, “Don”/ Foto: redes sociais

Na casa grande, com piscina, bem espaçosa, funcionava o salão dele. Segundo os irmãos, tudo foi construído com muito esforço.

“Ele planejava trabalhar até os 60 anos. Depois iria se aposentar para aproveitar a vida”, disse o irmão.

Investigações

Na segunda segunda-feira, 7, um casal foi preso, Marcelo Ribeiro Santos e Joana Santos.

Imagens de uma câmera de segurança em uma rua próxima à casa de Don, registraram o momento em que Joana desce de um veículo modelo Uno de duas portas. Ela estava com o primo, identificado como Francismar de Almeida Santos.

Marcelo, companheiro de Joana, estava dirigindo o carro. Ele foi até à casa de Don aparentando estar sozinho. Quando Don abriu o portão, o casal também entrou na casa. Minutos depois, um vizinho ouviu um grito e uma pancada.

Don foi levado de casa. Os três suspeitos ainda levaram três aparelhos de TV, pertences e dinheiro. A partir daí começaram as buscas pelo cabeleireiro.

Don conhecia um dos envolvidos

A polícia localizou o veículo usado para raptar Don em uma casa no município de Rosário do Catete. O proprietário informou que no sábado havia emprestado o veículo para Joana e Marcelo.

Os dois foram localizados e presos. Marcelo contou que conhecia Don, que cortava o cabelo com ele e que frequentava a casa dele.

No mesmo dia em que o cabeleireiro desapareceu, Joana e Marcelo foram vistos na companhia de Francismar de Almeida Santos, primo de Joana. Hoje, considerado foragido da polícia.

Francismar de Almeida Santos – Foragido/ Foto divulgada pela polícia 

Franciamar já foi preso duas vezes por roubo e está na condicional.

Esta semana a polícia foi a uma casa dele em uma área rural. Acreditava-se que Don pudesse estar lá, mas no local foram encontrados apenas os três aparelhos de TV roubados da casa do cabeleireiro.

Nesta quinta-feira, 10, a polícia divulgou imagens de Francismar para que ele seja preso.

Maria Zulnária – delegada/ Foto: Fan F1

“Nossas equipes estão empenhadas em elucidar esse caso. As investigações já estão bem adiantadas. Não restam dúvidas de que os três foram os responsáveis pelo sumiço de Don. Qualquer informação que possa ajudar tanto na localização do cabeleireiro quanto do Francismar deve ser passada imediatamente para o Disque Denúncia-181. O sigilo é garantido.” Afirmou a delegada Maria Zulnária, que comanda as investigações sobre o caso.

 

 

Home

Deixe uma resposta