Médico e enfermeiro cortam fio de ponto eletrônico de UBS da Saúde e dão depoimento à Polícia

Na quinta-feira (28), dois profissionais efetivos e lotados na Unidade Básica de Saúde (UBS) Celso Daniel, um médico e um enfermeiro, cortaram o fio de acesso ao equipamento de ponto eletrônico. A Polícia Militar foi acionada pela gerência e os envolvidos encaminhados à Delegacia para esclarecimentos.

Imagens do circuito interno de câmeras da UBS flagraram os servidores danificando o equipamento. Em uma das imagens, é possível verificar que um deles coloca no bolso o dispositivo de leitura digital.

Não é a primeira vez que o fato ocorre. Nas situações anteriores, a gerência da Unidade tentou dialogar com os servidores sobre o prejuízo causado pela ação, mas não obteve êxito. Diante da gravidade e da repetição do ocorrido, a SMS registrou boletim de ocorrência e instaurou processo administrativo contra os servidores.

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) repudia publicamente a atitude de servidores de danificar o patrimônio público a serviço da assistência em saúde de usuários e ratifica que o registro de frequência por meio de ponto eletrônico assegura cumprimento da lei trabalhista e obediência ao contrato de trabalho, sendo uma forma segura e eficiente de garantia de respeito à jornada máxima de trabalho e benefícios como férias, intervalos e horário de almoço.

 

Home

Deixe uma resposta