DEM e Republicanos disputam nome de André Moura para 2022

Em entrevista ao programa Sergipe Verdade da Rádio SIM FM, o ex-deputado federal André Moura comentou sobre a possível pretensão de Maria do Carmo (DEM) lançar seu nome para concorrer a uma das cadeiras do senado por Sergipe em 2022, o que forçaria o político a abrir mão do PSC, partido atual ao qual é filiado, e migrar para o DEM.

“São declarações que me deixam muito feliz, porque nasci no PFL, hoje Democratas, fui fundador do PFL Jovem e fui prefeito pela sigla do partido e também secretário do governo João Alves Filho. As declarações da senadora, de que sou um bom nome, me deixam muito feliz e com orgulho muito grande”, afirmou André.

Segundo ele, caso consolidada, a proposta deve ser analisada, mas disse que tem dialogado com outros partidos que também demonstraram interesse em seu nome para concorrer nas próximas Eleições Gerais. No momento em que concedia entrevista, André estava ao lado do ex-deputado federal Heleno Silva, recebendo uma proposta para se filiar ao Republicanos.

Heleno acabou concedendo entrevista ao programa Sergipe Verdade e falou sobre o interesse do partido em ter André como candidato em 2022. Segundo ele, a proposta surgiu do próprio presidente nacional do partido.

“André Moura é o melhor nome para o senado de Sergipe, pois já contribuiu e foi muito importante para o estado. Acho que André tá preparado para representar Sergipe no senado e o que eu, Heleno, puder contribuir com isso, eu vou contribuir”, declarou.

Por fim, André disse que mesmo após conversas e propostas, o momento não é de discutir as próximas eleições, mas sim a atual situação do país, que vive uma das piores crises sanitárias com o aumento no número de casos de pessoas infectadas pela covid-19.

“Eu acho que o momento agora é de continuar conversando política, mas que cada um, da sua maneira, possa colaborar para atravessar o momento que estamos vivendo no país, com essa quantidade de pessoas contaminadas com a covid-19. Batemos o recorde de mais de quatro mil mortes registradas em um único dia. A gente precisa que as vacinas sejam disponibilizadas em maior quantidade”, pontuou.

Ele falou ainda sobre possíveis intrigas que estariam acontecendo com o presidente do DEM em Sergipe, José Carlos Machado, mas negou a hipótese. Segundo André, ele e Machado possuem uma ótima relação e que conversas sobre a disputa do próximo pleito devem acontecer assim que o problema da pandemia for resolvido.

 

Home

Deixe uma resposta