Avanço da vacinação em Sergipe esbarra na baixa procura pelo imunizante

O cenário atual da vacinação em Sergipe encontra dificuldades para avançar, por conta da baixa procura pela segunda dose e a resistência de parte do público adulto, que não tem atendido ao chamado.

Segundo dados da Secretaria do Estado da Saúde (SES), 65,22% da população geral foi vacinada com a primeira dose e somente 30,79% já completou o ciclo vacinal com a segunda dose ou dose única.

O estado já recebeu o número suficiente de vacinas para a vacinação da 1ª dose de toda a população de 18 anos ou mais. No entanto, cerca de 100 mil adultos ainda não foram vacinados no estado, e o público que tem apresentado maior resistência são os adultos de 30 a 59 anos.

“Negar a eficácia da vacina neste momento já não cabe mais, é preciso ter esse cuidado pessoal com a vida e a saúde de todos. Então é necessário buscar a sua dose da vacina o quanto antes”, diz a secretária de Estado da Saúde, Mércia Feitosa.

Já há também a discussão para uma 3ª dose de reforço entre os secretários de Saúde de todo o país. O diretor em Vigilância de Saúde da SES, Marco Aurélio Góes, reforça que principalmente idosos com mais de 70 anos não apresentam uma resposta imune satisfatória após 6 meses da vacinação completa.

“Ainda não recebemos aqui no estado vacinas para começar a aplicar essa 3ª dose de reforço. A gente entende que é preciso avançar com a cobertura vacinal para depois fazermos a ‘revacinação’, que não será para todos, apenas para os que mais precisam”, destaca Marco Aurélio.

Estagiário sob supervisão da jornalista Laís de Melo*

Edição de texto: Monica Pinto

 

 

Home

Deixe uma resposta